Youtube marketing for small businesses

Queres comercializar os teus produtos numa plataforma de social media maior? O YouTube deve ser a tua próxima paragem. Com mais de 30 milhões de utilizadores activos diariamente, oferece às empresas a oportunidade de comercializarem os seus produtos a um público mais vasto.

Antes de investigares porquê e como podes comercializar os teus produtos no YouTube, aqui estão as estatísticas para te ajudar a compreender porque é que a plataforma é óptima para o negócio:

  • YouTube é o segundo maior website do mundo com mais de um bilião de assinantes registadosOs utilizadores vêem um bilião de horas de vídeo no YouTube todos os dias
  • É mais fácil chegar a pessoas entre os 18 e os 34 anos através do YouTube do que através de qualquer outra plataforma
  • YouTube chega a pessoas entre os 18 e os 49 anos através do telemóvel e não através de uma rede de TV por cabo

As estatísticas reflectem a necessidade do marketing do YouTube para pequenas empresas. Mas por onde é que começas? Aqui está um guia para te ajudar:

A.     Porque deves comercializar no YouTube

Video marketing é toda a raiva

Videos tem uma classificação superior a outras formas de conteúdo em termos de envolvimento, e o YouTube oferece-te uma plataforma para criares vídeos adaptados ao teu público para aumentar o alcance. Além disso, podes incorporar os vídeos em posts de blogs, páginas de destino, campanhas de marketing e outras plataformas de social media que utilizes.

Parte de ser o segundo maior site de busca, o YouTube é o segundo motor de busca mais popular do mundo. Isto só mostra o enorme potencial que a empresa oferece em termos de alcance.

Uma audiência diversificada

YouTube tem uma audiência grande e diversificada que usa o motor de busca do Google e do YouTube para encontrar conteúdo. As empresas podem tirar partido desta funcionalidade optimizando os seus vídeos com as palavras-chave certas para aumentar as suas hipóteses de se conectarem com a audiência certa.

B.  Como criar uma estratégia de marketing no YouTube

Passo 1: Criar um canal YouTube para a empresa

Create YouTube channel in 2 Minutes | Easy Steps to Open Youtube ...

O primeiro passo é criar um canal YouTube para o teu negócio, abrindo uma conta de marca no Google. A conta permite que várias Contas Google autorizadas façam login ao mesmo tempo, ao contrário da Conta Google normal, que permite que apenas uma pessoa faça login. Ao criares um canal para o teu negócio, serás reconhecido mais rapidamente como uma autoridade. Estas dicas também são úteis quando crias o canal:

  • Escolha a arte com cuidado: Quando crias um canal, tens de seleccionar duas imagens. A primeira é a imagem da conta e a segunda é a arte do canal que será exibida no teu canal. Tem cuidado em seleccionar as imagens com cuidado pois são as primeiras características que os utilizadores notam sobre a tua marca.
  • Inclui informação de contacto e links para o teu website: O principal objectivo do marketing do YouTube é dirigir potenciais clientes para o teu website e outras plataformas de redes sociais. Por isso, deves incluir um link para todas estas plataformas. Aparecerá na secção inferior direita do teu tipo de canal para o tornares visível
  • Inclui uma descrição: Uma descrição bem escrita do canal YouTube explica porque é que os utilizadores devem ver o teu conteúdo. Deve fornecer um fundo para o teu negócio e explicar detalhes que não estão no vídeo.
  • Cria um vídeo em destaque: Todos os canais devem ter vídeo. No vídeo podes escolher como te queres apresentar, pois a descrição não aparece na primeira página.

Step 2: Aprende mais sobre o teu público-alvo

Os canais do YouTube para empresas têm um separador de análise que contém estatísticas sobre o teu canal. Podes usar as estatísticas para obteres uma visão do comportamento da tua audiência, tempo médio de visualização, número de visualizações, e taxa de interacção. Podes também obter dados sobre a demografia dos teus assinantes para te ajudar a determinar o que procuras:

  • A idade do teu público
  • Os tipos de vídeos que são vistos e quando
  • O sexo do teu público

Tantos dados ajudam a confirmar se as suposições sobre os teus subscritores estão correctas. Se não estiverem, analisa os dados para determinar como podes personalizar o teu conteúdo para chegares ao teu público-alvo. Os dados também podem mostrar que os teus produtos são apelativos para uma audiência inesperada. Esta é informação valiosa que a tua equipa de marketing pode usar para melhorar os produtos e conteúdos.

Para além dos dados quantitativos, também precisas de recolher dados qualitativos sobre a tua audiência. Isto significa passar por comentários, o que nem sempre é excitante. No entanto, a informação aqui encontrada é crucial para o desenvolvimento de estratégias de marketing eficazes no YouTube.

Step 3:Desenvolver uma estratégia de marketing

Why You Need To Review Your Marketing Strategy After Quarter 1

Como qualquer outra iniciativa de marketing, deves ter um plano. Começa por definir os teus objectivos; neste caso, queres comercializar os teus produtos para aumentar as vendas. Eles devem ser específicos, relevantes, calendarizados e mensuráveis. Seria útil se também definisses métricas de desempenho para avaliar o progresso feito.

Nota que o YouTube, ao contrário de outras plataformas de social media, é uma plataforma de marketing de conteúdos e não uma plataforma de marketing de social media. Isto é porque os utilizadores vêem vídeos sem necessariamente partilharem os seus pensamentos. Além disso, as pessoas são mais propensas a encontrar os teus vídeos quando vêem ou procuram conteúdos relacionados. Em contraste, outros sites de redes sociais permitem aos utilizadores encontrar conteúdo através de anúncios ou seguindo-te. Os marketeiros devem considerar estes ideais quando desenvolvem um plano de marketing no YouTube e definem os seus objectivos.

Step four:Identifica o tipo mais eficaz de vídeo de marketing

YouTube permite aos criadores de conteúdos criarem diferentes tipos de vídeos; cabe-te a ti escolher um que te ajude a atingir os teus objectivos de marketing. Certifica-te que manténs as coisas variadas para entreteres o teu público o mais possível. Experimenta também com diferentes tipos de vídeos desde o início para compreenderes o que funciona melhor. Os tipos mais comuns de conteúdo de vídeo incluem

  • Vídeos promocionais: :Por vezes os vídeos promocionais aparecem como vídeos comerciais de TV, mas não o são. Um vídeo promocional bem desenhado pode conduzir à conversão; tudo depende de como entregas o teu conteúdo. Considera elementos essenciais como movimento, compromisso pessoal, uma oferta irresistível, CTA, valor, curiosidade para cativar a tua audiência.
  • Instruções para vídeos: A premissa para este tipo de vídeo é mostrar como os utilizadores se beneficiam do teu produto. Os vídeos de instruções são excepcionalmente poderosos porque não se trata apenas de apresentar os teus produtos aos utilizadores, mas também de acrescentar valor.
  • Vídeos baseados em entrevistas: Convida um especialista da indústria para a tua estação e filma a discussão. O tópico da discussão deve ser relevante para os teus produtos. Podes também entrevistar os teus empregados e explicar como eles fabricam os produtos que vendes. Uma das melhores qualidades do conteúdo das entrevistas é que é natural, autêntico e não escrito, e dá um toque humano à tua marca.
  • Stamp:São um formato de conteúdo popular usado em blogs, infográficos e vídeos. Pensa em criar vídeos que expliquem os benefícios de usar o teu produto ou serviço. Eles podem ser informativos, educativos ou divertidos.
  • Vídeos de produto:Este tipo explica as diferentes características de um produto ou serviço. Pode também incluir actualizações actuais ou novas ofertas
  • Conteúdo gerado pelo utilizador: Este tipo de vídeo mostra um fã usando o teu produto ou serviço. A criação pode revelar-se difícil porque vais depender dos teus fãs para criar os vídeos.

Passo 5:Criar um horário

Consistência é essencial no marketing do YouTube para pequenas empresas. Ao criares e publicares regularmente conteúdos, o teu feed do canal permanece activo e ajuda a construir uma audiência e a aumentar a tua presença na plataforma. Embora um vídeo semanal deva ser suficiente, a quantidade certa de conteúdo depende dos teus objectivos, da tua audiência e do tipo de vídeos que postas.

Uma forma fácil de criar um fluxo constante de conteúdo é publicar versões mais curtas de conteúdo de forma longa. Começa por criar um tópico sobre um tema e publicar versões curtas do tema todas as semanas. Esta abordagem mantém o teu público envolvido e leal.

Também seria útil se pudesses determinar a melhor altura para publicar os vídeos. A maioria dos espectadores vê os vídeos aos fins-de-semana e noites, por isso talvez queiras publicar os vídeos no início da tarde ou no sábado ou domingo de manhã.

Step 6:Optimiza os teus vídeos para SEO

Embora um grande conteúdo seja crucial para a classificação dos vídeos do YouTube, este não é o único factor decisivo. Os criadores de conteúdos precisam de optimizar os vídeos para procurar se quiserem tirar o máximo partido deles, quanto mais comercializar os seus produtos. Vários factores entram em jogo ao optimizar o conteúdo dos vídeos para a pesquisa:

  • O título: Deve conter palavras-chave relevantes, referir-se ao tópico e ter o número de caracteres recomendado (70). No entanto, podes usar 60 ou menos caracteres para evitar truncatura de algumas palavras nas páginas de pesquisa. Evita o uso de clickbaits, uma vez que eles apenas assustarão o teu público; usa palavras-chave que contenham termos de pesquisa padrão para atrair mais cliques
  • The Thumbnailt: Quando seleccionares uma imagem fixa, escolhe uma imagem cativante para fazer sobressair o teu conteúdo. Pensa em ajustar a imagem para atrair mais espectadores.
  • Video description:O vídeo deve incluir uma breve explicação do tópico e links para as tuas contas de redes sociais e website. Certifica-te de usar o máximo de hashtags possível quando escreveres a descrição.
  • Tempo do Relógio::O tempo que os teus vídeos são vistos também afecta o ranking. Quanto maior for o tempo, maior será o ranking
  • Hashtags:Eles tornam mais fácil para ti encontrar os teus vídeos. Pesquisa para encontrares as etiquetas mais relevantes e usa algumas em vez de uma lista exaustiva. Por exemplo, vídeos que têm mais de 15 tags hash são mais susceptíveis de serem ignorados.
  • Self-commitment:Quantas pessoas gostaram, comentaram ou partilharam os teus vídeos. O nível de compromisso de um canal também influencia o rank
  • Advertisements, maps, watermarks: Todas estas funções são CTAs clicáveis que podes adicionar a um vídeo. São mais eficazes que os CTAs tradicionais porque não interferem com a experiência do espectador.

Passo 7: Optimiza o teu canal

A optimização aplica-se não só aos vídeos, mas também ao teu canal. Requer a criação de uma experiência consistente para atrair mais espectadores e finalmente converter os espectadores em subscritores ou compradores. Aprende a fazê-lo aqui:

  • >forte>Preencher o teu perfil:Tem a certeza que toda a informação é preenchida (biografia de palavras-chave, informação de contacto, imagem de banner, link para um website). Certifica-te de que adicionas uma lista de canais em destaque para dar aos teus espectadores acesso a outros recursos que possam ser do seu interesse.
  • Transporta os vídeos para diferentes línguas:Vais ficar surpreendido por saber que a maioria das visualizações de canais do YouTube são feitas por espectadores que vivem fora do país do criador. Assim, quando traduzes o teu conteúdo para diferentes línguas, o teu alcance expande-se significativamente. Uma vez que o processo de tradução de conteúdos é dispendioso e demorado, seria útil se pudesses usar traduções sem crowdsource da tua base de fãs. Quando experimentares esta funcionalidade pela primeira vez, começa com um vídeo de cada vez.
  • < strong>Organiza os teus vídeos em listas de reprodução:Com uma lista de reprodução, podes manter os espectadores no teu canal durante muito tempo, o que aumenta o tempo médio de visualização. Quando criares a lista de reprodução, mantém em mente uma sequência lógica de ideias. Podes criá-la usando os teus vídeos ou os vídeos de um parceiro.

Passo 8:Procura ferramentas para te ajudar a gerir o teu canal

Administração é um aspecto crítico na obtenção da audiência certa e na conversão de leads em vendas. A tua capacidade de envolver activamente a tua audiência maximiza os teus esforços de marketing e distingue-te da concorrência. Mas à medida que o teu canal cresce, responder aos comentários, perguntas e sugestões da audiência pode ser avassalador.

Ferramentas de marketing foram desenvolvidas para ajudar os marqueteiros a automatizar o processo de gestão dos seus canais no YouTube. Agorapulse é uma dessas ferramentas que te permite rever e responder aos comentários dos utilizadores a partir de uma caixa de entrada social e monitorizar a plataforma para menção da tua marca em comentários e vídeos. Podes também ligar esta ferramenta de gestão de redes sociais ao software CRM para determinar se interagiste previamente com o utilizador.

vidIQ é outra ferramenta útil que te ajuda a gerir os comentários e te permite trabalhar com vários membros da equipa. A cada membro é atribuído um papel e acesso ao software, facilitando a configuração de um fluxo de trabalho suave.

Sucesso no marketing do YouTube

O conteúdo vídeo é uma excelente adição à estratégia de marketing de qualquer empresa. O YouTube é sem dúvida a melhor plataforma para mostrar tal conteúdo, pois é a plataforma número um de partilha de vídeos. Os pontos discutidos foram concebidos para ajudar os marqueteiros a terem sucesso no marketing do YouTube para pequenas empresas. Certifica-te de que planeias estrategicamente a tua presença com antecedência e agenda os teus vídeos para que publiques regularmente novos conteúdos.

Recomendado