Text Box: Social Media for Business Marketing
Porque é que as Redes Sociais são a espinha dorsal do Marketing Empresarial 3

Quer sejas um pequeno negócio local com uma base de clientes localizada ou que tenhas uma grande empresa internacional com clientes de todos os cantos do mundo, quanto mais pessoas conseguires ter o teu negócio à frente, mais vendas irás fazer. No mundo de hoje, não há melhor forma de as empresas comercializarem os seus produtos do que através das redes sociais. Muitas pessoas acham que as redes sociais e o marketing empresarial não podem andar de mãos dadas, mas estão erradas!

Tudo sobre as tuas estratégias de marketing empresarial resume-se a um simples facto: quanto mais pessoas conseguires colocar a tua marca à frente, melhor será a vantagem que terás contra a tua concorrência. E ter uma presença nas redes sociais definitivamente traz inúmeras vantagens que não irias querer perder.

As plataformas de social media são uma óptima forma de o teu negócio se ligar aos clientes e assim aumentar o conhecimento da sua marca e eventualmente aumentar as vendas. Com uma estimativa de 3 mil milhões de pessoas usando várias plataformas de social media todos os meses, podes ter a certeza que esta não é uma tendência passageira, e por isso não te podes dar ao luxo de a ignorar.

Sim, podes estar a pensar “Como é que eu sequer começo? Bem, é realmente mais fácil do que tu pensas. Não precisas de saber tudo desde o início. Isso significa que podes realmente começar já a trabalhar na presença das redes sociais da tua empresa. Podes até dar por ti a gostar do processo assim que o apanhares.

Neste artigo, vamos explicar 6 razões pelas quais as redes sociais são realmente a espinha dorsal do marketing empresarial no mundo em que vivemos hoje. Esperemos que estas ajudem a compreender porque é de extrema importância que comeces imediatamente a trabalhar nos teus perfis nas redes sociais. Se já tens perfis de redes sociais para o teu negócio, continua a ler para compreenderes como estás a beneficiar, e como podes acrescentar valor ao que já tens.

1. Constrói a Consciência da Marca

Os negócios funcionam segundo um princípio simples: se eles não sabem do teu negócio, não podem ser teus clientes. Apesar de não poderes necessariamente fazer vendas através das redes sociais, isso irá ainda assim aumentar a tua visibilidade e tornar a tua marca conhecida por potenciais clientes. Considerando o número de utilizadores das redes sociais, serás capaz de atingir uma audiência muito maior sem usar muito tempo ou recursos.

Adicionalmente, quase todas as plataformas de social media não te cobram nada para criares um perfil de negócio, o que significa que não tens mesmo nada a perder.

Para te ajudar a obter o melhor reconhecimento da marca, começa por definir exactamente o que gostarias de obter das tuas estratégias de marketing nas redes sociais. Isto pode ser qualquer coisa desde fazer com que mais pessoas saibam sobre os serviços ou produtos que ofereces até trazer mais pessoas para as tuas lojas locais (ou online). Ter um objectivo claro do que queres alcançar será uma grande ajuda na selecção das plataformas de social media mais adequadas para o teu negócio.

2. Comunica Autoridade

Os clientes estão a tornar-se cada vez melhores no discernimento de negócios autênticos que irão apoiar. O avanço da tecnologia tornou possível para eles fazer uma pesquisa rápida para navegar nos teus perfis de redes sociais ou website antes de realmente comprarem.

Isto levanta a questão, o que é que eles vão encontrar? Encontrarão uma fonte rica em informação útil sobre o teu negócio, ou pedaços e peças que os deixarão desconfiados ou mesmo cépticos? Criar e actualizar frequentemente os teus perfis sociais com conteúdos relevantes não só cria confiança, como também dá à tua marca uma autoridade no seu nicho, tornando-a digna de confiança e acessível.

Uma óptima forma de demonstrares a tua perícia na tua indústria e de criares confiança em potenciais clientes é escrevendo peças relacionadas com o teu nicho, e também expandindo constantemente a missão da tua empresa.

3. Mostra a Autenticidade da Marca

As pessoas usam principalmente as páginas das redes sociais para pôr em dia, partilhar, e conhecer novas pessoas. Geralmente, é um lugar animado para as pessoas se socializarem, e foi daí que surgiu o nome Social Media. A publicação de posts ‘oficiais’ secos não fará com que as pessoas se interessem por ti. Em vez disso, deixa a personalidade da tua marca brilhar. Esse é o lugar para deixares as pessoas ‘ouvirem’ a voz da tua marca.

Por vezes usar um tom amigável para o teu negócio pode não parecer exactamente correcto, mas confia em nós, é isso mesmo que precisas de fazer – não importa quão sério ou oficial o teu negócio possa ser. Tenta ser casual, amigável, ou até engraçado através dos teus posts, e verás que será mais fácil ligares-te às pessoas. Os teus seguidores querem ver pessoas por detrás da tua marca, por isso dá-lhes isso.

4. Encoraja o Envolvimento do Cliente

Não há literalmente melhor maneira de envolveres constantemente os teus clientes e seguidores na tua marca do que com as redes sociais. Com os canais sociais em constante evolução, obténs novas funcionalidades para melhor envolveres os teus utilizadores.

Contudo, o ambiente em rápida mudança e as características adicionais podem ser um pouco intimidantes para os donos de negócios. Quando descobrires que isso te está a acontecer, lembra-te que não tens de fazer tudo, ou fazer uso de cada nova funcionalidade que é lançada. Apenas escolhe uma nova forma de te ligares ao teu público, e dá a ti próprio algum tempo para aprenderes à medida que fores avançando.

Também podes variar as plataformas que utilizas para te ligares aos teus clientes à medida que vais aprendendo quais são as suas preferências. Por exemplo, podes usar o Instagram para publicar uma série de histórias Instagram hoje, e organizar uma sessão de perguntas e respostas através do Facebook Live amanhã. Desta forma, poderás manter seguidores em diferentes plataformas constantemente empenhados e informados sobre a tua empresa e marca.

5. Torna Fácil Fornecer Apoio

customersupport Porque é que as Redes Sociais são a espinha dorsal do Marketing Empresarial

As plataformas de partilha social conseguiram fazer a ligação entre as empresas e os seus clientes. Passaram os dias em que a única forma de obter ajuda era telefonando ou escrevendo um email. Agora, cada vez mais empresas oferecem apoio aos seus clientes através das redes sociais. De facto, tornou-se tão comum que as pessoas quase automaticamente disparam uma mensagem de apoio via Facebook ou Twitter sempre que têm um problema.

Segue-se que para construíres uma reputação como uma marca receptiva e amiga do cliente, precisas de oferecer apoio ao cliente através dos canais das redes sociais. Para o fazeres, dá o teu melhor para responderes às consultas o mais rapidamente possível, e faz sempre o teu melhor para seres positivo e útil, mesmo quando o cliente está a divagar e a delirar.

Também vais precisar de aceitar calmamente as críticas – sejam elas positivas ou negativas – e fazer com que os teus clientes se sintam ouvidos e compreendidos. Por vezes até terás de discernir quando resolver queixas públicas em privado.

Finalmente, criar um sistema de seguimento de comentários, reclamações e perguntas nas redes sociais vai ajudar-te a compreender os problemas mais comuns que os clientes experimentam, permitindo-te assim antecipar melhor os problemas antes que eles surjam.

6. Ajuda-te a crescer de forma acessível

O marketing de uma marca irá muito provavelmente exigir grandes orçamentos que nem todos os negócios podem pagar. Mas isto não significa que ainda não possas dar a conhecer o teu negócio. A publicidade nas redes sociais é uma óptima forma de obteres um grande valor para o teu dólar, independentemente do tamanho do teu orçamento. Plataformas como o Facebook e o Instagram são óptimas para aumentar a tua audiência, mesmo com recursos limitados.

Quando criares uma campanha publicitária, conhece os teus objectivos e também quem é o teu público-alvo. Dessa forma, evitarás desperdiçar recursos valiosos em anúncios sem sentido. Além disso, embora seja bom ter uma chamada para a acção orientada para as vendas, evita anúncios que sejam excessivamente vendedores. Em vez disso, vai para anúncios que educam e divertem, e talvez incluam uma chamada para a acção. Fazer isto cria interesse na tua marca, e a longo prazo, isso é melhor do que fazer uma venda rápida neste momento.

Esperamos que estas poucas dicas te entusiasmem para começares o teu negócio de marketing nas redes sociais. Por isso, dá um passo e cria o teu perfil de negócio. Podes aprender as cordas à medida que fores avançando. Podes também ter gostos no Facebook, twitter, ou até seguidores para dar à tua marca um impulso muito necessário à medida que começas. Dá uma vista de olhos ao nosso catálogo e vê as guloseimas que temos à tua disposição!